Tucupi e harmonização de comida paraense com vinhos

 “O vinho é como a encarnação: é divina e humana.” Paul Tillich

IMG_20180224_143051530.jpg

Introdução

Amigos, hoje teremos um post muito especial sendo uma homenagem aos meus amigos paraenses! Esse evento também é o oitavo encontro da Confraria Távola Di Amici (amigos e familiares), caso alguém queira conferir o sétimo encontro, basta clicar aqui. Alerto que falaremos apenas um pouco dessa rica cultura gastronômica e, espero no futuro, falar mais sobre outros pratos típicos como o pirarucu, o açaí e o pato no tucupi por exemplo.

900px-Bandeira_do_Pará.svg

Tucupi

Amigos, é praticamente impossível falarmos sobre a rica culinária paraense sem falar desse ingrediente tão único e diferente que é o tucupi. Relembremos a famosa frase do nosso grande chef brasileiro Alex Atala:

28-04-2014_alex_atala_cred-_rubens_kato

“A primeira vez que eu comi caviar me pareceu algo muito estranho e único, mas quando eu provei tucupi pela primeira vez também tive a mesma sensação! Se o caviar é considerado algo chique e o tucupi não o é, isso se dá porque alguém me disse isso. Existe uma interpretação cultural sobre o que são os aromas e sabores!” (Alex Atala)

O tucupi é um caldo feito com a mandioca brava ralada e espremida no tipiti, que é um espremedor feito de palha trançada.

VO_161460_2_lzn.jpg

Depois da mandioca ralada e espremida no tipiti resta-se o caldo, a goma e a farinha. Esse caldo não pode ainda ser utilizado porque a mandioca brava contém alto teor de ácido cianídrico, então ele é cozido e depois deixado para fermentar por cerca de 3 a 5 dias. Abaixo vou deixar um vídeo muito legal e curto mostrando como é feito o tucupi:

https://www.youtube.com/watch?v=wG5Z1VGF_ZU

Ele é o ingrediente principal do prato mais consumido da região norte do Brasil: o Tacacá.

e3c2dc2849e1a3395b1302d49a316966.jpg

Evento e harmonização

Essa oportunidade de poder provar essas iguarias paraenses nos foi dada pelos nossos queridos amigos Jéssyka e Lucas que conhecem tão bem dessa rica cultura. A Jéssyka é uma paraense da gema enquanto o Lucas é paulistano porém morou boa parte de sua vida nesse estado tão maravilhoso!

IMG_20180224_133510561.jpg

Como entrada tivemos a famosa farofa de casquinha de caranguejo com tapioca

IMG_20180224_133522761.jpg

IMG_20180224_133856598.jpg

IMG_20180224_133859911.jpg

Para harmonizar com esse prato o Nelson escolheu um vinho Rosé brasileiro de Espírito Santo do Pinhal, interior do estado de São Paulo! Guaspari Rosé 2016

IMG_20180224_134045791.jpg

IMG_20180224_134051623.jpg

IMG_20180224_134059556.jpg

Mais uma vez o Brasil nos surpreendendo com vinhos de altíssima qualidade. Não me lembro de ter tomado um rosé mais gostoso do que esse em toda minha vida! Vinho altamente aromático porém jovem e com pouca complexidade. Perfeito porém com preço proibitivo: cerca de R$100. Recomendo com empenho!

IMG_20180224_134252121.jpg

Enquanto nos era explicado o prato principal fomos embalados pelos ritmos paraenses do carimbó e do tecnobrega, tendo Pinduca e sua garota do tacacá como destaque:

https://www.youtube.com/watch?v=0zjFAC7mwdQ

Como prato principal tivemos arroz paraense (arroz fervido com caldo de tucupi misturado com camarão e jambú) com filhote na brasa. O filhote é um peixe de rio muito apreciado na região norte do Brasil.

005_-__1.JPG

IMG_20180224_141354963.jpg

IMG-20180225-WA0003.jpg

IMG-20180224-WA0010.jpg

A harmonização com pratos à base de tucupi é bastante complicada porque poucos tipos de vinho combinam com esse sabor tão exótico, nos deixando quase que somente com expumantes do tipo Brut ou Extra-Brut. O primeiro que utilizamos foi um dos melhores que eu já provei em toda minha vida: o chileno Viñamar Extra-Brut. Espumante dotado de bastante formação de bolhas (perlage).

IMG_20180224_142608441.jpg

IMG_20180224_143014722.jpg

IMG-20180225-WA0016

IMG_20180224_143051530.jpg

Harmonização perfeita! Provamos também com outro gigante dos espumantes: Casa Valduga Rosé Brut.

IMG_20180224_130830030.jpg

IMG_20180224_130835678.jpg

IMG_20180224_130845570.jpg

IMG_20180224_150838211.jpg

Provamos também outro espumante da Salton que se mostrou uma boa opção porém com qualidade um pouco inferior a esses dois apresentando pouca formação de perlage:

IMG_20180224_131135166_HDR.jpg

Salton Évidence Brut

IMG_20180224_131139854_HDR.jpg

IMG_20180224_131149290_HDR.jpg

IMG_20180224_153628989.jpg

IMG-20180224-WA0013.jpg

Provamos também uma cerveja de trigo que a Marcela trouxe que caiu muito bem também com o prato em destaque:

IMG-20180225-WA0022.jpg

Mas o mais legal foi provar a cachaça paraense meu garoto feita com jambú que adormece a boca:

IMG-20180225-WA0026.jpg

IMG-20180225-WA0027.jpg

E para terminarmos nosso evento tivemos o lendário sorvete de castanha do Pará com cupuaçu da Cairu:

logo25032015.png

A sorveteria Cairu é lendária no estado do Pará, é quase que um patrimônio histórico da cidade!

IMG_20180224_152525724.jpg

IMG_20180224_152922386.jpg

Conclusão

Fiquei com muita vontade de conhecer a cidade de Belém depois desse evento tão maravilhoso! Um agradecimento especial à Jéssyka e ao Lucas por tudo e um abraço carinhoso a todos os meus amigos do Pará. Viva o Pará e sua culinária!!

Conheça todos os posts do blog através desse link

5 comentários sobre “Tucupi e harmonização de comida paraense com vinhos

  1. Pingback: Resumo dos posts divididos por seções – Vinhos e Afins para Leigos

  2. Alexandre Mitraud

    Caro amigo Pedro, Fantástico este post!!! Eu diria melhor ainda; delicioso!!! Parabéns!!! Você sempre nos surpreendendo. Demais!! Felicitation!!! Alexandre

    Enviado do meu iPhone

    Curtir

  3. Pingback: Áustria, Hungria, Brunello di Montalcino com Pinot Noir da Córsega e Risoto de Manga com Camarão e Paillard de Mignon – Vinhos e Afins para Leigos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s